Skip to main content

Um País de (con) jurados?

O júri em Portugal nunca pegou, porque tentaram plantá-lo «de estaca». Veio com a Revolução Francesa e a sua tradução portuguesa, o vintismo. Teve no bojo a desconfiança face à magistratura togada. Julgava-se que o…
Jose Antonio Barreiros
Dezembro 3, 2011
Follow by Email
Facebook
Twitter
Whatsapp
LinkedIn